A BOL usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. SaberMais/ Fechar
Distrito Sala
Detalhe Evento
THE END - Temps d'Images no Trindade

THE END - Temps d'Images no Trindade

Teatro & Arte | Teatro

Teatro da Trindade INATEL

Sala Estúdio S/ Marc
Classificação Etária
A classificar pela CCE
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2017
nov
10
a
2017
nov
12
Realizado

Duração

60 minutos

Produtor

DUPLACENA - Produção e Realização de Festivais, Espectáculos

Sinopse

The End é um espetáculo que se debruça sobre a temática da identidade mediatizada, onde a imagem-vídeo e a performance ao vivo se misturam, explorando os limites artísticos e as fronteiras conceptuais entre Teatro e Cinema, ficção e realidade, público e privado.
Através de uma construção do fim tenta-se acabar com a identidade, com o espetáculo, com o teatro, mas pensando no sentido grego do termo telos (fim como finalidade), procura-se também dar uma finalidade a tudo isto, sabendo que os fins justificam os meios.
The end é o fim. O fim de finis. O fim de telos. O fim de tudo. O fim de nada. O fim do mundo. O fim de um espetáculo. O fim de uma relação. O fim da comunicação. O fim da identidade. O fim da identidade mediatizada. O fim da comunicação digital. O fim do videotelefone. O fim do teatro. O fim do cinema. O fim da realidade. O fim da ficção. O fim do público. O fim do privado. O fim do eu. O fim do nós. O fim do eu inanimado. O fim das espécies. O fim de tudo o que há. O fim da humanidade. O fim de um espetáculo que nunca começou. O fim de algo que nunca começou. O fim dos meios que justificam os fins. O fim dos fins. O fim de citação. O fim da sinopse. The end.

Ficha Artística

Criação: Cátia Pinheiro, José Nunes (Estrutura) e André Godinho
Vídeo: André Godinho
Interpretação: Ana Tang, André Godinho, Cátia Pinheiro, José Nunes e Tiago Jácome
Conceção Plástica: Cátia Pinheiro
Figurinos: Jordann Santos
Som: Vasco Rodrigues
Colaboração Técnica e Plástica: António MV e Daniel Worm dAssumpção
Apoio Técnico: Pedro Nabais
Assistência: Tiago Jácome
Fotografia e Vídeo de Divulgação: António MV
Produção: Natasha Bulha Costa
Coprodução: Estrutura, Teatro Municipal do Porto, Festival Temps dImages Lisboa / Teatro da Trindade Inatel
Residência: O Espaço do Tempo
Apoio: República Portuguesa Cultura / Direção-Geral das Artes
Apoio à Estrutura: Wedesignpaulocorreia.net e Teatro Universitário do Porto (TUP)

Informações Adicionais

O TEMPS DIMAGES LISBOA (TDI) é um festival temático, experimental e transdisciplinar que privilegia eventos que cruzam as artes do palco com as da imagem. Ao longo das suas quinze edições, o TDI criou um espaço único no panorama da programação cultural e artística portuguesa, tanto em termos de identidade, como das dinâmicas que cria e potencia. A programação do TDI aposta na relação entre as artes performativas e a imagem e investe na criação de oportunidades, para que artistas consagrados ou em início de percurso possam apresentar os seus projectos, muitas vezes experimentais informais ou peculiares. Este festival procura aproximar artistas, provocar encontros e discussões criativas e sobretudo possibilitar a partilha, visibilidade e circulação dos trabalhos apresentados, através dos canais privilegiados que as diferentes parcerias, nacionais e internacionais, possibilitam. Apresentando-se em vários espaços da cidade de Lisboa, o TDI foi construindo ao longo do tempo uma significativa rede de criadores e vários tipos de parceiros, o que tem permitido viabilizar e dar a conhecer novas obras e artistas com diferentes perfis e áreas de criação. O Festival TEMPS DIMAGES LISBOA é uma produção da Duplacena.

Para mais informações: http://www.tempsdimages-portugal.com/2017/

Partilhar
Cartão Ciclo Mundos Completo
Cartão Ciclo Mundos