Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Electra – Festival Antena 2

Electra – Festival Antena 2

Teatro & Arte | Performance

Teatro da Trindade INATEL

Sala Eça de Queiroz
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
fev
17
Realizado

Duração

60 minutos

Promotor

Fundação Inatel

Breve Introdução

Teatro

Sinopse

Como é que se desconstrói uma tragédia grega ao ponto de a transformar numa comédia, mais próxima de uma paródia do que do teatro clássico? Esse é o desafio e o feito da Companhia do Chapitô que, sob a direção de Cláudia Nóvoa e José Carlos Garcia, leva à cena uma história encenada apenas e só com colheres. Sim, colheres de sopa. E com esse adereço, usado com uma imaginação delirante e sem limites, temos guerreiros, donzelas, crianças, crimes, guerras e tudo o que podemos esperar de uma tragédia que aqui é "inadaptada" até ao riso. No palco, três atores, Jorge Cruz, Nádia Santos e Tiago Viegas, dão corpo a muito mais do que três personagens. A intriga, com os mesmos personagens da narrativa original de Eurípedes, pode ser resumida de trás para a frente: Electra dança até morrer, porque, com a ajuda do irmão, mata a mãe, porque a mãe, com a ajuda do amante, mata o marido, porque o marido, por não ter ventos de feição, sacrifica a filha mais velha. Uma peça para fazer jus ao currículo internacional do Chapitô, companhia que a Antena 2 tem apoiado na última década.

Ficha Artística

Encenação: Cláudia Nóvoa & José Carlos Garcia
Interpretação: Jorge Cruz, Nádia Santos e Tiago Viegas
Assistência de encenação: Ariana Silva & Daniela Andana
Sonoplastia: Sílvio Rosado & Samuel Rodrigues
Direção de produção: Tânia Melo Rodrigues
Figurinos: Glória Mendes
Desenho de luz: Samuel Rodrigues

Notas Suplementares

Programa Festival Antena 2
Edição 2018
E 2018 passam 70 anos desde que a Antena 2 se autonomizou da Emissora Nacional, então designada como Programa B. Em 1948, além de música clássica, as 4 horas diárias de emissão incluíam folclore, música de filmes e palestras. Esse perfil diversificado, na génese da Antena 2, não só se manteve até hoje como constitui um dos principais traços distintivos deste canal e uma evidente prova da sua missão de serviço público.
O Festival Antena 2, nesta 2ª edição, ilustra a diversidade deste canal. A ideia é mostrar ao vivo, em palco, não só os conteúdos definidores da Antena 2 como também intérpretes que foram apoiados ou mesmo impulsionados pela rádio.
(...)
O mundo das ideias, da ciência e das artes conjuga-se pois nestes seis dias de um festival que tem aqui a sua 2ª edição. O espelho de um canal da rádio pública que mergulha com a mesma paixão nos valores artísticos do passado, nos que marcam o presente e nos que o futuro nos promete. Um festival que deve, por fim, uma palavra de agradecimento ao Teatro da Trindade por nos acolher na sua belíssima sala.
João Almeida
Diretor da Antena 2

Informações Adicionais

Sobre a Companhia do Chapitô
Valoriza a comédia pelo seu poder de questionar todos os aspetos da realidade física e social. Cria, desde a sua fundação, espetáculos multidisciplinares assentes no trabalho físico do ator num processo coletivo e em constante transformação, que convidam à imaginação do público, e que se relacionam estreitamente com este. Comunica, essencialmente através do gesto e da imagem, quebrando as barreiras linguísticas e afirmando a sua vocação universal, o que lhe permite uma relação muito próxima com os espectadores e que resulta em itinerância nacional e internacional. Desde a sua formação produziu 34 criações originais apresentadas

Partilhar
Cartão Ciclo Mundos Completo
Cartão Ciclo Mundos